Corações e cérebros saudáveis ​​começam ainda na infância

0
6

Pressão alta, colesterol alto e outros fatores de risco para doenças do coração e do cérebro são problemas nos quais as pessoas geralmente não pensam até atingirem a meia-idade. Um crescente corpo de pesquisa sugere que eles devem começar mais cedo – décadas antes.

Esses fatores, que podem ser modificados por mudanças no estilo de vida, já são muito importantes na infância. Um estudo descobriu que o controle do peso, colesterol e pressão arterial no início da vida pode afetar a função cognitiva na idade adulta.

Crianças com níveis altos de pressão e colesterol tinham memória e habilidades de aprendizado mais fracas na meia-idade, comparado àquelas com melhores medidas de saúde do coração. Os que foram obesos ao longo da vida foram menos capazes de processar informações ou manter a atenção à medida que envelheceram.

Quando chegaram aos 40 anos, aqueles que tinham todos os três fatores de risco cardíaco tiveram um desempenho pior em todas as medidas de saúde do cérebro.

Ligação entre a saúde do coração e do cérebro está bem estabelecida

Um bom fluxo sanguíneo mantém ambos os órgãos funcionando corretamente. Dados mostram condições e comportamentos que danificam os vasos sanguíneos, colocam o coração e o cérebro em risco e podem levar a ataques cardíacos, derrames e demência.

Com o aumento da obesidade infantil nas últimas décadas e as evidências de que a saúde cardíaca ruim começa a se desenvolver já na infância, os especialistas em saúde estão cada vez mais focados na importância de preparar o palco desde o início da vida para evitar danos mais tarde.

O estilo de vida precisa mudar muito mais cedo. Especialistas recomendam que crianças e adolescentes de 6 a 17 anos façam pelo menos uma hora de atividade física moderada a vigorosa por dia, incluindo atividades mais intensas pelo menos três vezes por semana para manter os músculos e os ossos fortes.

Eles também destacam que isso não significa que pessoas que sempre foram sedentárias não possam tomar medidas agora para melhorar a saúde do coração e do cérebro. Ter bons hábitos ao longo da vida é melhor, mas nunca é tarde para começar.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments