Entenda o que uma válvula cardíaca com regurgitação significa

0
7

O coração é um órgão complexo que funciona 24 horas por dia para manter o sangue rico em oxigênio fluindo por todo o corpo. Uma maneira importante com a qual ele regula o movimento do sangue é por meio de suas válvulas. 

As válvulas cardíacas garantem que o sangue se mova em uma direção através do coração. À medida que o sangue passa de câmara em câmara, as válvulas se abrem para deixá-lo fluir e depois fecham para evitar que ele volte para a câmara da qual acabou de sair.

O coração tem quatro válvulas importantes:
  • Válvula aórtica
  • Válvula mitral
  • Válvula tricúspide
  • Válvula pulmonar

Quando as válvulas funcionam perfeitamente, o sangue se move em apenas uma direção – mas as de algumas pessoas não fecham com força suficiente. Isso pode permitir que o sangue vaze para trás enquanto estão se fechando, ou que passe pelas válvulas fechadas. 

Essa condição é chamada de regurgitação valvar, insuficiência valvar ou “válvula cardíaca com vazamento”

As válvulas mitral e aórtica são as mais comumente afetadas pela regurgitação, mas isso pode acontecer com qualquer uma delas. Para algumas pessoas, a regurgitação se desenvolve lentamente ao longo de décadas. Para outros, isso acontece de forma rápida e inesperada. 

Uma válvula cardíaca com vazamento pode ter várias causas. Defeitos presentes desde o nascimento são uma delas. Em outros casos,  pode ser atribuída a calcificação das válvulas, lesão física, prolapso da válvula mitral, endocardite infecciosa, febre reumática e cardiomiopatia. 

Sintomas e tratamento em caso de válvula com vazamento

Muitas pessoas não apresentam sintomas porque o vazamento não é grave. Caso se torne, o coração precisa trabalhar mais para manter o sangue circulando pelo corpo. Com o tempo, essa tensão extra pode danificar o músculo cardíaco e causar falta de ar, palpitações, inchaço nos pés e tornozelos, fraqueza, tontura e mais. 

Às vezes, uma válvula com vazamento não precisa ser tratada imediatamente. Nesse caso, pode ser monitorada para observar alterações. Em muitos casos, no entanto, é necessário um reparo ou substituição. A boa notícia é que são bastante tratáveis e, dependendo do cenário, existem procedimentos minimamente invasivos. 

Se não forem tratadas, as válvulas cardíacas com vazamento podem causar complicações graves, incluindo insuficiência cardíaca, fibrilação atrial (batimento cardíaco irregular) ou hipertensão pulmonar (pressão alta nos vasos do pulmão).

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments