Quer uma dieta personalizada para prevenir doenças? Cientistas de nutrição estão trabalhando nisso

0
10

Em algum momento você já ouviu a frase “você é o que você come”, não é mesmo? Os cientistas estão chegando ao fundo do que isso significa com uma área crescente de pesquisa chamada nutrição de precisão.

É um campo de estudo que assume que cada pessoa pode ter um tipo de resposta única do organismo ao consumir alimentos e nutrientes específicos. Combinam dados baseados em genética, comportamentos, fatores socioeconômicos, ambientes e padrões alimentares.

Tudo para desenvolver dietas personalizadas que tem como objetivo melhorar a saúde e ajudar a prevenir doenças crônicas, como as cardiovasculares. Não há dúvidas de que a alimentação influencia no quão saudável uma pessoa é, mas essas pesquisas não medem esforços para identificar que tipo de dieta é mais adequada a cada indivíduo.

Os especialistas destacam que isso é empolgante, abrangente e provavelmente irá mudar a maneira como as dietas são prescritas. Além disso, também deve mudar a forma como a medicina é praticada e como a vida no futuro será abordada, promovendo uma alimentação saudável para todos.

Organizações de saúde do coração assinam embaixo

Uma recente declaração científica da Associação Americana do Coração (AHA) deu orientações dietéticas para melhorar a saúde cardiovascular. Ela apontou para o futuro desta nova área de pesquisa e seu potencial para fornecer dietas personalizadas para prevenir doenças cardíacas e derrames (AVCs).

Em vez de adotar uma abordagem típica baseada em hipóteses, os pesquisadores de nutrição de precisão coletam dados para estudar o DNA de um indivíduo, microbioma intestinal, metabolismo e resposta ao que comem, e são capazes de determinar como isso afeta o perfil psicológico e biológico de uma pessoa.

A nutrição de precisão identifica relações específicas entre o que uma pessoa come e os resultados que podemos medir, como pressão arterial, glicose no sangue ou peso corporal e quaisquer outras medidas de interesse relacionadas à prevenção de doenças.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments